Sábado, 21 de Fevereiro de 2009

a media luz

 

Dance first.  Think later.  It's the natural order. 

Samuel Beckett

 

 

 

 

 

 

 

 

de J às 18:48
| Diz-me
Quinta-feira, 19 de Fevereiro de 2009

agora, agora...

se calhar comi chocolate quente a mais.

de J às 00:38
| Diz-me

aveludada

Estou a beber chocolate quente, daquele que se come.

Ou.

Estou a comer chocolate quente, daquele que se bebe.

Ou.

No fundo, estou feliz.

de J às 00:15
| Diz-me
Segunda-feira, 16 de Fevereiro de 2009

Sem título. Não há título que possa dar.

 

Para que exista sempre ternura nas coisas empilhadas. Por mais que elas se vão.

de J às 16:44
| Diz-me | O que disseste (2)
Domingo, 15 de Fevereiro de 2009

da maçã

Há (pelo menos) duas maneiras de comer uma maçã.

Numa, lava-se a maçã (há quem rode o... como se chama?...vamos chamar-lhe o "pauzinho" das maçãs, até se soltar). Não se seca com nada, olha-se por breves instantes e, com meia dúzia de dentadas, está a maçã no fim. E por vezes é uma saborosa maçã. Ou é sempre uma saborosa maçã. Ou então é só mais uma maçã.

Na outra, lava-se a maçã (há quem rode o... como se chama?...vamos chamar-lhe o "pauzinho" das maçãs, até se soltar). Vai-se buscar um pratinho, e pousa-se a maçã. Abre-se a gaveta dos talheres e tira-se a faquinha da fruta. Não uma faca qualquer. A faquinha da fruta. Há quem se sente, há quem fique só na bancada da cozinha. E, com toda a calma do mundo, descasca a maçã. Com toda a calma do mundo. Até há quem tente descascar toda a casca de uma só vez. E corta cada bocado em pedacinhos mais pequenos. E saboreia todo o sabor, todo o cheiro, toda a textura, todo o sumo, daquele que escorre pelas mãos e dá direito a umas lambidelas gulosas. E a maçã está no fim. Depois de muito tempo...de um belo tempo. E foi uma maçã ainda mais saborosa. Ou então é só mais uma maneira de comer uma maçã.

de J às 22:49
| Diz-me | O que disseste (1)
Sexta-feira, 13 de Fevereiro de 2009

tanto estou, como não estou

Acho que os sonhos são sempre isso mesmo. Sonhos.

Mesmo que os tente realizar, nunca se passam exactamente como eu sonhei. Das duas, uma. Ou são uma desilusão, e afinal para que é que andei tanto tempo a pensar nisto. Ou são surpreendentes, e porque é que não pensei nisto mais cedo. Em todo o caso, há lugar para eles. Tenho mais receio dos sonhos durante o dia...não se esquecem.

Mais vale não pensar tanto nas coisas. Um dia elas acabam por acontecer e, nessa expectativa, é sempre uma surpresa.

de J às 16:17
| Diz-me
Terça-feira, 10 de Fevereiro de 2009

Para grandes males

grandes remédios.

 

 

 

Perlimpimpins, querida Iána.

 

de J às 12:23
| Diz-me
Domingo, 1 de Fevereiro de 2009

"we'll always have Paris".

We'll always have Foz.

We'll always have Tavira.

We'll always have costa alentejana. And a casa do alemão.

 

And... you'll always... that.

 

de J às 14:36
| Diz-me

|mim

|procuras...?

 

|Fevereiro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28

|o que me anda na cabeça

| mudança

| faz-me espécie...

| mais docinha

| Não é mau humor. É sem má...

| fadinho

| closet

| Não é. Foi.

| querido Pierce,

| irremediavelmente cativad...

| abananço

|últimos pensamentos

| Fevereiro 2010

| Janeiro 2010

| Dezembro 2009

| Novembro 2009

| Outubro 2009

| Setembro 2009

| Agosto 2009

| Julho 2009

| Junho 2009

| Maio 2009

| Abril 2009

| Março 2009

| Fevereiro 2009

| Janeiro 2009

| Dezembro 2008

| Novembro 2008

| Outubro 2008

| Setembro 2008

| Julho 2008

| Maio 2008

| Abril 2008

| Março 2008

| Fevereiro 2008

| Janeiro 2008

| Dezembro 2007

| Novembro 2007

| Outubro 2007

| Setembro 2007

| Agosto 2007

| Julho 2007

| Junho 2007

| Maio 2007

| Abril 2007

| Março 2007

blogs SAPO

|subscrever feeds